10430370_630397367105766_3176285276050334364_nHoje faz 7 dias que o audax foi vencido por muitos!

Foram 24h de pura brutalidade, só hoje consegui tempo pra escrever. Mais as lembranças ainda estão batendo no meu cérebro a todo instante.

Era 3:00 da manhã sábado 28 de fevereiro acordei meio assustado, preguiçoso. Hoje o dia será longo! Tomei café com a turma voltei para o quarto a vontade que eu tinha era de volta pra cama mais fui tomar banho pra desperta.

Sai do banho sem sono, logo me aprontei é desci para pega a largada! Só que todos já tinham partido até meu primo que falou que iriamos pedala junto o Audax para homenagear minha avó, Seria o aniversario dela o aniversário dela de 72 anos se ela estivesse entre nós, mais agora ela está no céu. Coloquei uma foto dela junto a mim é piki que tiramos no seu ultimo aniversário no guidom da bike para olha durante a prova.

Quando ia sai vi que não era só eu o atrasado, ali ainda estava Lord Ferrari Japa é sua turma é Jesse Iron. Esperei Ferrari me despedi da galera que veio torce por nós é fomos para a escuridão.

Gosto muito de pedala com Ferrari ele Pedala conversa igual a mim pq pedala com quem fica calado é estranho sabia piki! Íamos conversando sobre o tempo como estava agradável, fazendo um aquecimento a 25KM/H tranquilos olhando as estrelas, quando de repente Ferrari caiu no desnível da pista, creio eu que a mente Humana é a coisa mais rápido do mundo, enquanto Ferrari se levantava eu gritei seu nome Ferrari, Ferrari tudo bem? Foram longos 4 segundos até ele responder saindo correndo do lado da pista Tudo bem Menino Johnny!

Nossa que alivio, naquela escuridão não via nada pensei que meu amigo tivesse machucado Mais ele é bruto só sacudiu a poeira e fomos embora.
Retornamos o giro do nada escuto um barulho, quando virei para ver era Iron Jesse bruto de natureza arrochando na escuridão mal pesquei ele sumiu na descida.

Chegamos a primeira parte carimbamos a carta de rota, ora de volta. Ferrari se alongou novamente creio eu que ele sentiu a queda mais ele não me disse nada.

Voltamos a gira agora já com o sol, dando um belo espetáculo para nossos olhos. A média Aumentou já estávamos girando na casa de 30 a 35KM/H tirei fotos para recorda fiz um vídeo maluco que ainda nem postei, quando olhei a foto de minha avó lembrei de minha infância pedalava como nunca, até entra em uma neblina tipo uma nuvem coisa linda que até gravei.

Depois da neblina chegamos ao sonho verde, é meu sonho era volta para cama mais nada ia me para naquele dia! A forca que pedia pra Deus a toda hora, é olha o retrato de minha querida avó fazia com que a dor que eu sentia no joelho passasse.

Agora falta só 350km pra acaba tudo pensei eu é meu capacete, estava pensando em fecha com 20horas ou até 19 sabe de nada inocente!

Encontramos a Júlia rodando tranquila, acho que se ela não tivesse medo de descidas ela já estaria lá no planet.
Pegamos a carona dela até avista um lindo arco íris, a aliança de Deus com o homem ali pensei Deus está a nós observa vamos fazer bonito vamos gira.

Pouco menos de 10 minutos encontramos André Ribeiro é Graci a Graça em pessoa eu gosto tanto dessa Bruta. Eles tinham acabado de troca o pneu, Já fui descendo da bike é ajudando a encher o pneu, quando eu estava terminado de dar a ultima bombada soltei um belo pum sem quer querendo todos caíram na gargalhada, amigo de verdade é assim vc peida todos cheiram. Imagina a zoação foi uns 5 min de boas risadas, continuamos a sofrência indo rumo ao barzinho do quilometro 98 dei um tiro depois que vim meu primo já voltando fui socando a bota até encontra Lucas, Isaias é Leonardo na briga com um pneu.

Desci mandei Lucas vaza, é fui ajuda os colegas audaxiosos pense num pneu duro pra coloca foi com certeza o pneu mais difícil de minha carreira de borracheiro amigo. Coloquei ele no lugar junto com Leo não me lembro de sofre pra coloca um pneu em uma roda assim antes. Pneu no lugar partiu.

Quando olhei pra trás pra ver se vinha carro, avistei Novamente o Grupo parado cheguei lá adivinha outro pneu.

-Mais um graci?

-Sim nego!

– credo em, que que isso!

Lá fui eu Bomba novamente, só que dessa vez não peide não viu kkkk sustenta pai.
Montei na bike é fui embora, Ferrari ainda veio atrás mais nem vi quando ele parrou com um rasgo no pneu. Cheguei na birosca ali estava japa é sua turma Reis com um tênis é uma sapatilha ele tinha esquecido um pé, sabe lá a onde é Samuel bicho bruto.
Não quis fica ali muito tempo, subi na flaquita e pedalei como nunca.
Cheguei no pa

Depois de algum tempo encontrei Charles, eu gritava Esse é meu capitão ele ria é reagia pedala como o grande homen, ao lado de De sousa me despedir é fui embora para o posto planet.
Chegando no planet uma boa parte dos participantes estavam lá, professor Edil estava terminando de almoçar com Laerte.

Edil sugeriu que eu comece lá, mais eu não quis sabiá que a parte pior estava por vim.
Já ia sai quando Flávio velhinho me gritou.
Johnny troca o pneu pra mim enquanto eu lancho?
Até pensei em ir embora mais, tenho o coração mole é fui troca. Troquei bem rápido o pneu e fui me despedido de velhinho, queria pega carona na locomotiva japonesa.
Ali foi uma hora que o pedal rendeu, pedalavamos em velocidade cruzeiro de 30km/h, constante sem deixa a média cai assim fomos até o Eldorado já estava até falando japones fluente.

Mais antes de chega no posto Eldorado numa subida fui pedala em pé, e senti uma forte dor, onde já tinha fraturado a clavícula. Pensei comigo agora já era, era uma dor insuportável.
Chegamos ao Eldorado, ali estava Piki, Marcelo é Assis.
Falei com eles que estava pensando em desistir, pois a dor só aumentava mais ai me recordava da promessa que o Audax séria uma homenagem a minha avó, naquela hora fiquei ali a pensativo.

Quando acabei de comer, Charles chegou relatei a ele o que passava. Ele perguntou tu queres um anti- flamatorio?
Nessa altura do campeonato até cerveja quente eu tomaria!
Tomei o remédio azul do capitão, acho que era viagra mais ele falou que não. Passei a pomada do piki é em menos de 15 minutos, estava pronto pra gira.
O viagra do Charles, endureceu o osso da clavícula e tudo estava perfeito.
Partimos eu Marcelo é piki para catalão!
Comecei a gira forte e fui embora, pq queria comer é descansar mais, pq sabia que a volta era dura.
Logo japa é os samurais chegaram seguido de piki é marcelo é Júlio um amigo da kuota.
Japa não perdeu tempo e foi embora, queria me leva junto mais não fui, fiquei com meu primo. Tinha dito que fechariamos juntos então será juntos.

Descansados partimos para os 150 kms finais a parte mais bruta da prova, a noite foi caindo giravamos bem, do outro lado passava indo para catalão Charles é de sousa. Mais a frente encontramos André,Júlia,Graci é Ferrari fiquei muito feliz pq pensava que eles estavam mais longe.
Giramos até rápido ao Eldorado.
Chegando lá as meninas estavam lá, senti até uma inveja branca ali.

Elas sorridentes bem alegres,
Carol, Andreia é Sandra já parabenizava eu piki e marcelo, como queria que a minha estivesse aqui.
Elas nós alertavamos da chuva, enquanto eu comprava pilha pq sábia que ainda teria chão nada nada 7 horas de prova.

Rápido partimos é a chuva como elas disseram pegou a gente.
Ali começou um verdadeiro martilho vento forte, muita chuva eu não enchegava nada, raios cruzavam o céu é eu me arrepiava pedido para que a chuva parace.
Piki sugeiu que nós abrigacimos em baixo do pedagio, mais por votação minha é do marcelo sugerimos para só no planet.

As lanternas começavam falha, a do piki deu Pt logo em seguida a minha ficava fraca por pega tanta água, ainda bem que restou as do Marcelo chegamos no planet em baixo de chuva.
Ali muitas pessoas tinham desistido!
O sono é o cansaço físico e mental dava na nossa cara sem dor é piedade.

Eu estava morto de sono,piki mais ainda sugeri dormimos um pouco só que piki caiu num sono profundo.
Foi quando piki jogou a toalha disse que não iria continua,se não ia causa um acidente até tentei reanimalo mais foi em vão.
Marcelo falou então vamos só dois, achamos melhor segui sem piki.
Pegamos uma carona, com a galera do pedala gama!
Lucas veio no bonde, estava pedalando muito.
Fomos vencendo a escuridão a chuva tinha acabado já era 2h da manhã, foi quando lucas arrochou é eu e marcelo fomos juntos no revezamento de vácuo.

Faltando pouco para o último ponto de apoio, comecei a briga com o sono!
Dei um sprint na escuridão, subi forte uma curva aí o sono se foi.
Paramos tomei uma coca comi um sanduíche, é fomos para o gran final.
Pouco depois do pa encontramos laerte, sentado no escuro com o pneu furado, sem camara sem lanterna, só com uma no Como capacete bem fraca já.
Troquei o pneu é continuamos! Foi quando do nada Edil passou, voando e falou meu nome bora Johnny!
Pensei que fosse piki mais era o professor, que tbm já ia joga a toalha é continuou, ele estava pedalando como nunca.

A neblina cegava, faltava 16km quando laerte falou que seu pneu tinha furado novamente.
Paramos ele só colocou um pouco de ar no pneu, é voltamos gira logo na frente novamente o pneu quis ser feio.
Enchemos novamente faltava 12km agora, só Laerte falou vai e trás uma roda para mim.
Fomos embora eu é Marcelo deixamos Laerte, é giravamos o mais rápido que podiamos para volta é ajuda o amigo.
De longe vi as luzes o posto, estava perto estava mais alegre do que comecei a 24horas atrás soquei o resto de energia que tinha.

Chegamos gracas a Deus.
Mais junto com a alegria vinha uma má notícia, Graci tinha caido estava no hospital.
Fiquei muito triste estava muito cansado, é preocupado agora.
Fui toma banho quando voltei o resto da galera chegou, fiquei surpreso piki ressuscitou e veio com Charles, fiquei de cara pensei que ele ia desistir mesmo.
Mais piki e selva e consegui logo depois De souza tbm chegou.

Foi uma prova muito difícil, onde o psicológico é a força tiveram que está juntos.
Cheguei a pensa em desistir não vou menti pois termina com a dor que eu estava foi tenso.
Parabéns a todos Audaxiosos, foi muito bom está com vcs.
Só mais uma coisa o Audax600 está vindo!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.